Buscar

Alegria e sabores da Festa da Colônia invadem o Expogramado

A cuca recheada com doce de leite atraiu as mineiras Karina Gomes Miranda Clemente e Lúcia Helena Lima Silva para a Festa da Colônia neste domingo. “Viemos para conhecer a festa e comprar cucas para levar pra casa” afirmou Karina, que soube do evento através das redes sociais do evento. Elas estão em Gramado a passeio e só não estavam preparadas para o frio “Mas aqui tudo é lindo”, afirmou ela, destacando que as belezas da cidade e da festa compensam o clima adverso.

Assim como as mineiras de Além Paraíba (próximo da divisa entre Minas e RJ), milhares de visitantes e gramadenses prestigiaram o primeiro fim de semana da 31ª Festa da Colônia, que iniciou na quinta-feira e segue até o dia 15 de maio no complexo do Expogramado. No local, as etnias alemã, italiana e portuguesa são representadas através da música, dança, gastronomia e produtos coloniais de mais de 50 agroindústrias do município.

O clima adverso prejudicou um pouco a presença do público no evento. Mas o movimento foi considerado bom por Márcia Fassbinder, da Linha Serra Grande, a pioneira na comercialização de bolinhos de batata e que participa da festa há 31 anos. Nesta edição o Bier da Serra Grande (um dos sete existentes no local) está vendendo batata chips, novidade no evento. “No ano passado fizemos para a gente comer e fomos incentivados a vender este ano. É tudo feito na hora e está tendo boa aceitação”, afirma Márcia.

O primeiro fim de semana do evento teve o retorno dos Jogos Coloniais, em espaço próprio no Expogramado, São 16 equipes de 3 Setes, 4 de bocha feminino, 21 de bocha masculino, 27 de 66 e 32 times de canastra, representando diversas localidades do interior do município. As disputas ocorrem nos sábados e domingos e as finais estão previstas para o dia 15 de maio, último dia do evento.

Foto - Cleiton THiele


23 visualizações0 comentário